Planejamento estratégico | Guia completo

Você sabe a importância do planejamento estratégico para o crescimento  e sucesso de uma empresa? Os benefícios que o mesmo pode gerar? Caso não  saiba, é o momento de entender o seu conceito, sua aplicação e como  desenvolvê-lo. 

O planejamento como a própria palavra possui significado, é denominado como uma ferramenta administrativa, que é capaz de instruir, avaliar os caminhos e construir um referencial de futuro de acordo com a realidade e possibilidades reais.  

A aplicação do planejamento é essencial não somente para a área empresarial, comercial e profissional, mas para qualquer setor que prioriza qualidade, prazo, organização e resultados eficientes. 

O planejamento estratégico é uma técnica que foi desenvolvida e segue um padrão de utilização e desenvolvimento, podendo ser utilizado para qualquer finalidade e qualquer setor, basta seguir as diretrizes para seu desenvolvimento e aplicação. Primeiramente, o que é fazer o planejamento estratégico?  

O que faz o planejamento estratégico?

O planejamento estratégico trata-se de uma técnica de planejamento como sendo uma ferramenta de gestão, capaz de mapear o caminho, citar possibilidades para serem investidas, listar gastos, lucros e desenvolver uma organização de todos os setores da gestão da empresa, priorizando sempre o planejamento. Como sendo uma visão para determinar o presente e o futuro da empresa, também baseando em todo seu histórico.  

Possuindo como referência sua origem no contexto militar, como um  planejamento definido para vencer batalhas de forma organizada e priorizando a estratégia de planejar cada passo e cada ação, o planejamento visa evitar realizar tudo sem uma análise e evitando uma perda total, seja no caso das  batalhas, seja em investimentos dos setores empresariais. 

A estratégia é fundamental para que as ações sejam executadas de forma eficiente, obtenham resultados e possam ser um investimento que rende além do que foi gasto. A estratégia prioriza o sucesso e a organização. 

Para a realização do planejamento estratégico, é necessário primeiramente definir todas as metas, os planos, a visão a curto prazo, ou a longo prazo (depende do tempo no qual o planejamento será aplicado), o orçamento  definido para aquele setor, e principalmente possuir todos os dados para que as  ações sejam realizadas. 

O planejamento prioriza a organização, então antes mesmo de desenvolvê-lo, é importante que todas as informações sejam definidas e preparadas para a criação do planejamento, para então iniciar sua execução.  

Quais são as etapas do planejamento estratégico? 

As etapas do planejamento estratégico podem variar de acordo com o seu  desenvolvimento e seu foco, ou seja, no resultado que se espera, mas a que  mais é utilizada devido aos seus benefícios, são as etapas da análise SWOT.  

Entretanto, antes de seguir as etapas do planejamento estratégico a partir da  análise SWOT, é importante que a primeira etapa seja a organização e definição  das informações e dados particulares e estratégicos da empresa, para  posteriormente iniciar as etapas.  

A análise SWOT trata-se de um método utilizado no planejamento estratégico para que as condições internas e externas da empresa sejam avaliadas e tornem-se o preparo para o futuro. Sendo etapas de:

  • forças (strengths), que são as definições dos pontos fortes e vantagens que a empresa possui, principalmente em relação aos seus concorrentes;
  • fraquezas (weaknesses) que trata-se de citar todas as fraquezas e desvantagens, podendo até ser algum prejuízo recente e concorrentes;
  • oportunidades (opportunities) como o próprio nome afirma, são oportunidades de eventos e situações de favorecimento, desde investimentos, até créditos;
  • ameaças (threats) trata-se de qualquer fator externo que pode ameaçar os planos e investimentos.  

Exemplos de planejamento estratégico 

Existem alguns tipos de planejamentos estratégicos que são utilizados,  podendo variar de acordo com a organização, plano, definição de visão e missão, entre outras diferenças, a escolha fica de acordo com a preferência da equipe e dos profissionais da empresa. São eles:

1. Planejamento organizacional

Baseado nos processos de identificação dos objetivos imediatos ou de longo prazo de uma organização, podendo ser específicos para os negócios ou corporativos.

2. Planejamento tático

É um planejamento baseado nas funcionalidades, compromissos e responsabilidades dos setores envolvidos no planejamento, para cumprirem os objetivos estratégicos em suas respectivas áreas e para a finalidade de um resultado maior em conjunto (resultados que gerem  um maior ao fim).

3. Planejamento operacional

Em sua maioria é desenvolvido por líderes e supervisores, para determinar as ideias, estratégias e ações que serão  colocadas em prática, em quais momentos e em qual prazo de execução.

4. Planejamento de profundidade

É um planejamento que pode ser considerado administrativo, sendo essencial para atingir metas, já que prioriza a renovação, ideias novas para novas estratégias e novos planejamentos, aproveitando experiências e resultados anteriores. 

Qual o passo a passo da criação do planejamento estratégico?

1. Definição das informações e dados da empresa 

Primeiramente, como já citado anteriormente, é importante que todas as informações e dados sejam definidos e estabelecidos para o desenvolvimento  do planejamento estratégico, para posteriormente iniciar todos o passo a passo.  

Com isso, é possível iniciar citando a situação atual da empresa, ou seja, o faturamento atual, a estratégia atual, número de profissionais e equipe atual, disponibilidade de investimento, e ameaças, semelhante a um diagnóstico.  Nessa parte, pode ser baseado nas etapas da análise SWOT, para uma melhor organização e definição.

2. Visão e missão da empresa  

Posteriormente, é o momento de definir a visão e missão que a empresa  possui através dos seus objetivos. Para isso, é possível que o tempo para atingir esses objetivos sejam a curto prazo ou longo prazo, mas, é sempre importante traçar diferentes metas e diferentes campos de visão, para que objetivos a curto prazo seja um caminho para atingir objetivos a longo prazo, além de ser uma  forma de atingir metas realizáveis pela empresa, profissionais e funcionários.  

3. Definição de um cronograma 

Prepare um cronograma, para que todas as atividades e atuações sejam  organizadas em um período para obter um prazo de execução e consequentemente definir o que será realizado e em qual ordem de realização,  para que não haja imprevistos, desorganização e que nenhuma ação atropele  outra, evitando uma perda de tempo, investimento, “dor de cabeça” a equipe e prejudique os resultados finais. O cronograma possui a relevância da  organização baseada em uma agenda/calendário. 

4. Brainstorm e engajamento da equipe 

É o momento do brainstorm e engajamento em equipe! O brainstorm é um  termo em inglês referente ao momento que a equipe se reúne para realizar em  equipe, o desenvolvimento de estratégias, atuações e ações que serão  fundamentais para atingir os resultados, e isso tudo com o benefício de toda a  inteligência, profissionalismo, experiência e visão de toda equipe, que reunidos podem desenvolver juntos a estratégia de sucesso da empresa. 

O engajamento em equipe é fundamental não apenas para reunir todo o trabalho, mas também para criar um ambiente de comunidade, focar no posicionamento e relevância de cada profissional da empresa.  

5. Métricas e acompanhamento  

Por fim, mas não menos importante, é válido que cada planejamento  estratégico tenha um acompanhamento. As métricas são os resultados que as  ações, estratégias e investimentos que foram realizados na empresa resultam, podendo ser definida em todos os setores. 

O planejamento estratégico deve possuir um acompanhamento baseado nas métricas, para que o resultado obtido define se o planejamento foi eficaz, ou se precisa de mudanças (e quais). Esse acompanhamento deve ser constante.

Sugestões

Deixe um comentário