Carta de apresentação: como fazer uma carta profissional

Por João
0 Comente
Carta de apresentação: como fazer uma carta profissional

Você sabe a importância e a relevância de uma carta de apresentação para o primeiro contato profissional? É um contato textual formal, que tende a ser extremamente útil para contratações através do contato virtual, mas também  pode obter seu uso tradicional. 

A carta de apresentação pode e deve acompanhar o currículo (curriculum vitae), sendo uma forma de complementar as informações e apresentar uma versão humanizada do candidato à vaga, mas, ainda profissional para o contato com os recrutadores.  

Não são todas as empresas que no momento do anúncio da vaga já solicitam a carta de apresentação, mas, pode ser um complemento que irá trazer sua essência enquanto profissional e suas qualidades enquanto ser humano, que vão além da profissão, trata-se de seus valores e ideais, que de certa forma 

serão essenciais para sua performance na empresa enquanto colaborador, além  de facilitar todas as relações profissionais entre os clientes e demais  funcionários. 

A carta de apresentação é uma forma de apresentar confiança, profissionalismo, posicionamento e valores. Mas, para que todas essas qualidades sejam absorvidas em apenas um texto direcionado na carta de apresentação, é viável que siga um padrão de desenvolvimento, um foco de direcionamento e esteja gramaticalmente correto.  

É possível que seja desenvolvido sem a ajuda de um profissional de redação, mas, é importante estar ciente de todos os tópicos e métodos de desenvolvimento, para não causar uma impressão contrária do que pretende  causar com a carta de apresentação. Com isso, aprenda a desenvolver e como são os modelos de uma carta de apresentação profissional.  

O que é e qual a função de uma carta de apresentação? 

A carta de apresentação, também podendo ser denominada de carta de  motivação, é um texto em formato de documento complementar ao currículo  (curriculum vitae), que pode ser desenvolvido pelo próprio profissional e então  ser encaminhado para a equipe de seleção das vagas no qual são direcionadas  todas as informações e pré-requisitos.

Basicamente, a carta de apresentação tem a função de apresentar o candidato de uma maneira profissional, mas ainda sim humanizada. Tem como a função de:

  • desenvolver um marketing pessoal;
  • apresentar todas as qualidades;
  • experiências, valores;
  • posicionamentos enquanto profissional e principalmente através do texto transparecer sentimentos de confiança, comprometimento;
  • responsabilidade e demais valores essenciais para um profissional crescer e florescer junto da empresa/empreendedor que o contrata.

A carta de apresentação é uma forma de se apresentar formalmente e  profissionalmente no momento do contato para uma vaga em uma empresa. Evita textos soltos e cansativos no e-mail e torna mais prática a comunicação  com os recrutadores da vaga. 

Basta enviar o currículo, a carta de apresentação e dependendo da vaga, o portfólio, sendo apenas três ou dois arquivos organizados e direcionados para a leitura e análise. 

Quais os tópicos de uma carta de apresentação? 

Os tópicos de uma carta de apresentação podem variar de acordo com a vaga direcionada e o tipo de profissional que irá utilizá-la como apresentação para uma empresa e/ou empreendedor. 

Mesmo tratando-se de tópicos, é importante não desenvolver um texto com tópicos, mas sim seguir um texto em parágrafos organizados e profissionais. Seja breve, faça parágrafos de rápida leitura, se possível siga um padrão de desenvolvimento e inclusão dos tópicos. Sendo eles: 

1. Quem sou eu

No primeiro parágrafo, faça uma breve apresentação sobre sua personalidade, seus valores, seu desenvolvimento humano até o profissional, suas qualidades e visões enquanto indivíduo e também enquanto profissional.

2. Profissional

Como uma continuação, desenvolva um parágrafo sobre seu desenvolvimento profissional, escolaridade, especializações, cursos e principalmente as experiências físicas e psicológicas que cada grau de aprendizado e especialização geraram. É o momento de apresentar o lado humano e profissional.

3. O por quê da vaga ser direcionada para mim

Neste parágrafo, é válido  apresentar todas as suas qualidades, conquistas profissionais e principalmente seus valores que irão agregar a empresa. Pontue o que irá  agregar profissionalmente e sua missão pessoal e profissional.

É o momento de desenvolver suas posições e o que pretende realizar enquanto também uma pessoa real e não apenas como funcionário, pois além de qualidade profissional, é necessário ter comprometimento, responsabilidade e ambição.

4. Minhas principais conquistas

É viável como um “bônus” retratar suas conquistas e certificações que não somente o qualifiquem como profissional, mas também como indivíduo. 

As empresas procuram também por pessoas reais e verdadeiras, que possam agregar suas conquistas a empresa e com  isso, gerar o desenvolvimento e crescimento da mesma. 

Desenvolva um  parágrafo sobre sua educação, certificados, participações, conquistas no geral, será útil para demonstrar seu engajamento

5. Minha visão de crescimento enquanto profissional e indivíduo para empresa

Por fim, mas não menos importante, é finalizar a carta com sua visão e missão profissional em relação a empresa. 

As empresas procuram  não apenas por profissionais qualificados, mas também por pessoas que  possuem uma visão de crescimento para com a empresa, que pretendem investir em uma missão conjunta de crescimento e ascensão profissional com  a empresa. 

Principais exemplos de uma carta de apresentação 

Existem alguns modelos básicos que são solicitados no momento da  candidatura, ou podem ser indicados para determinados casos, determinadas  vagas e empresas. São eles:  

  • Carta de apresentação estagiário;
  • Carta de apresentação de referência: neste caso a carta de apresentação tem como funcionalidade apresentar uma referência ou indicação profissional para determinada vaga. Pode ser desenvolvida por terceiros;
  • Carta de apresentação para empresa de recrutamento e seleção;
  • Carta de apresentação networking: enviada para profissionais do seu  círculo profissional encaminharem para vagas disponíveis, podendo ser  compartilhada em seu nicho de atuação, facilitando na contratação;
  • Carta de apresentação e-mail: é direcionada para e-mails e deve seguir seu padrão de desenvolvimento, podendo variar das cartas de apresentação padrão, principalmente na quantidade de parágrafos, neste caso, deve ser reduzida;
  • Carta de apresentação comercial: é focada no mercado de vendas, sendo direcionada para clientes como uma forma de movimentar as vendas, apresentar a empresa ou o empreendedor, e desenvolver as qualidades, benefícios dos produtos/serviços e também a visão da empresa. Podendo ser mais informal, dependendo do nicho da atuação.

Como fazer uma carta de apresentação comercial? 

O método de desenvolvimento de uma carta de apresentação comercial pode variar do padrão de uma carta de apresentação profissional. Isso porque o foco da carta comercial, é em apresentar a empresa, seus produtos, serviços e  consequentemente, gerar uma venda. 

Podendo ser desenvolvido de uma maneira mais informal, como uma “conversa” com o público no qual será direcionado. Então, é importante ter seu público-alvo e persona como base para o desenvolvimento da carta de apresentação comercial. 

Apresente a empresa, seus valores, sua missão, suas qualidades e posteriormente apresente o que ela tende a oferecer, seja através dos produtos/serviços, seja nos seus benefícios. Os clientes devem identificar-se com a empresa e com o que será oferecido. 

Como fazer uma carta de apresentação de estagiário? 

Neste caso, a carta de apresentação de estagiário irá diferenciar-se muito de uma carta de apresentação padrão, visto que o estagiário está inserido em  outra vaga, com um tipo diferenciado de currículo e com uma base de  contratação diferente. 

A carta de estagiário deve conter uma apresentação breve sobre o estagiário; suas qualificações, certificações e histórico educacional (principalmente quando trata-se de universitários), e por fim, mas não menos importante, citar suas qualidades, valores e pretensão de futuro profissional.

Na carta de apresentação de estagiário, o mesmo tende a não possuir  referências profissionais, um currículo de experiências e em alguns casos, nunca  ter possuído uma contratação oficializada. 

Então, é importante focar nas suas experiências em ambiente escolar e universitário, e principalmente suas qualidades enquanto futuro profissional e atual estudante. 

Neste caso, os contratantes procuram por jovens ambiciosos, com visão de futuro, responsabilidade e comprometimento. Seja formal e esteja ciente das regras gramaticais (que podem pesar mais para estudantes). 

Tópicos para inserir em uma carta de apresentação profissional 

  • Destinatário;
  • Cumprimento/Saudação;
  • Parágrafos de apresentação (quem sou eu/profissional);
  • Parágrafo sobre conquistas e indicações
  • Finalizando com a visão de crescimento profissional;
  • Agradecimento;
  • Assinatura.

Sugestões

Deixe um comentário